20/05/2016

Resenha Crítica :: X-Men: Apocalypse



Título:
X-MEN: APOCALIPSE
Diretor: Bryan Singer
Roteiro: Simon Kinberg
Gênero: Ação, Ficção científica, Fantasia
Classificação Etária: 12 anos
Sinopse: Também conhecido como Apocalipse, En Sabah Nur (Oscar Isaac) é o mutante original. Após milhares da anos, ele volta a vida disposto a garantir sua supremacia e acabar com a humanidade. Ele seleciona quatro Cavaleiros nas figuras de Magneto (Michael Fassbender), Psylocke (Olivia Munn), Anjo (Ben Hardy) e Tempestade (Alexandra Shipp). Do outro lado, o professor Charles Xavier (James McAvoy) conta com uma série de novos alunos, como Jean Grey (Sophie Turner), Ciclope (Tye Sheridan) e Noturno (Kodi Smit-McPhee), além de caras conhecidas como Mística (Jennifer Lawrence), Fera (Nicholas Hoult) e Mercúrio (Evan Peters), para tentar impedir o vilão.



Uma dica para as pessoas que querem se divertir assistindo X-Men Apocalype: esqueçam todos os filmes anteriores da franquia, principalmente a primeira trilogia. Dito isso, vamos a crítica!


X-Men: Apocalype começa bem já nas primeiras cenas, envolvendo uma luta entre os cavalheiros do Apocalype e a população do Egito Antigo. São cenas de ação empolgantes e até mesmo violentas, que já nos primeiros minutos me deixaram ansiosa para conhecer mais sobre as habilidades e motivações de Apocalype. Infelizmente a minha animação quanto a apresentação desse famoso vilão não perdurou por muito tempo. 
Apocalype tem como habilidade importante fazer com que os mutantes o sigam cegamente e sirvam para os seus propósitos. Logo ele precisa ter uma fala convincente e persuasiva, certo? Então, isso não acontece. O modo com que o personagem consegue convencer os seus novos cavalheiros é patético, tirando o Magneto, eu não entendi as razões dos outros mutantes seguires as ordens do personagem. Apocalypse se resume a formulas prontas, um vilão que quer dominar o mundo usando motivações que nem mesmo ele acreditava.


A dinâmica entre os personagens da antiga equipe e da nova se distancia muito. Os personagens apresentados em X-Men: Primeira Classe apresentam mais do mesmo, Mistica e Fera continuam com aquele relacionamento estranho que não chega a lugar nenhum, Moira Mactaggert reaparece apenas para apresentar o Apocalypse, mas a sua continuação na trama é um desperdício completo. Esses personagens não mostram nada de novo, ocupam muito tempo na tela e tiram a oportunidade do público conhecer melhor os personagens que irão forma a nova equipe de X-Men.

Dos estudantes do Instituto Xavier, apenas três são importantes para a trama: Jean Grey, Ciclope e Noturno. A apresentação deles foi ótima, sem falar que a dinâmica entre eles funciona bem, porém eu esperava mais cenas do que o filme forneceu. Na divulgação de X-Men: Apocalypse saiu uma foto dos personagens em uma loja de disco que nunca chegou as telas, algo que me decepcionou muito.

Jean e Ciclope foram os personagem que tiveram maior desenvolvimento na tela, há um momento de transição em que os dois precisam desempenhar o seus papeis na luta contra Apocalype, entretanto as cenas foram tão corridas que apenas deixou a expectativa para as próximas produções da franquia.

Noturno Mércurio são responsáveis pelo alivio cômico, que funcionam na maior parte do tempo. Com Mércurio, em particular, foi adicionado mais um elemento que envolve a paternidade do personagem, foi algo que até agora não consigo me decidir se gostei ou não. E quanto ao Noturno, acredito que dessa vez eles acertaram no personagem, ele é jovem, engraçado, espontâneo e sua religiosidade é referenciada em duas cenas do filme.




Por fim, X-Men Apocalype não trás nada de novo quando se trata de roteiro.  Esse é mais um filme de origem que tem como objetivo trazer outras adaptações da franquia para o cinema. O diferencial do filme está no figurino, na apresentação dos personagens e na forma como ele se assemelha a uma imagem retirada diretamente dos quadrinhos. É um fan service completo, mas não se sustenta quanto narrativa.

Eu sou fã da franquia e em muitos momentos durante o filme eu pulei da cadeira, fiquei animada com o que a tela me mostrava, principalmente nas cenas de maior ação. Porém esse está longe de ser a melhor adaptação de X-Men.

7 comentários:

  1. Olá!
    Eu tô mtoo ansiosa pra ver esse filme! Acompanho X-men desde que me entendo por gte...
    Sou apaixonada!!
    Mto bacana o blog, adorei conhecer...Parabéns pela resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Eu adoro x-men, mas confesso que estou um pouco com pé atrás para ir assistir esse, estou com medo de me decepcionar :(
    Tentarei seguir a sua dica e evitar lembrar dos outros filmes durante esse. Gostei de saber que dessa vez acertaram na escolha do ator para interpretar o Noturno. Não adianta eu sempre vou sentir falta da Vampira nos filmes do X-men, rsrsrs.
    Vou criar coragem e irei assistir esse novo filme.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oiii!!

    Eu não sou a maior fã desse estilo de filme mas gosto de assistir para passar o tempo. Todo mundo falou muito bem dessa versão e eu fico feliz quando os fãs ficam tão satisfeitos.

    Ótima resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi!!
    Esse é um filme que só irei assistir quando passar na TV e olhe lá, nunca consegui gostar de X-men, já vi os outros filmes, mas não me conquistam.
    Li umas criticas bem negativas, mas o importante é que você que gosta da franquia conseguiu se sentir animada durante o filme, uma pena que parece que os filmes são sempre a mesma coisa, sei lá eu não consigo me encorajar a ir no cinema.
    Eu gostei das imagens que você selecionou.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Oiii tudo bem??
    Colocaram aquela atriz de Got em X-MEN?OIIII? sério isso, eu não consigo suportar ela em nenhum papel, me estresso kkkkkkkkkkkkk eu sou fanática por eles e com isso já perdeu muitos pontinhos, quem sabe eu assista por curiosidade agora.
    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei da sua resenha e simplesmente adoro X-men, ainda não vi o filme mas estou muito curiosa e vou seguir sua dica também *-*

    ResponderExcluir
  7. Olá! Gostei muito do Blog e sua resenha está ótima. Não assisti o filme, mas sou fã de X-Men e quero muito ver. Mesmo não sendo a melhor adaptação de X-Men, creio que proporcionará bons momentos de diversão e boas cenas de ação. Vamos conferir! Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir