01/06/2016

#Academicos - Livros Reportagem: uma dica para todos os estudantes de jornalismo

Fala galera... Hoje estou aqui para dar uma dica para quem quer fazer Jornalismo.
Quando você entra na faculdade tem mil e uma ideias doidas e sonhos. Sem contar todos os livros que nossos digníssimos mestres nos pedem pra ler.
Existem alguns livros que quem é de jornalismo um dia vai ler na vida e boa parte desses livros são os famosos livros reportagem. Confira alguns dos que você deve ler em algum momento da sua graduação.



record_abusado Abusado – O Dono do Morro (Caco Barcellos)
 
Confesso que li esse livro em menos de uma semana pois o mesmo é genial!  Em “Abusado”, Caco dá uma verdadeira aula de como funciona por dentro toda a engrenagem do tráfico carioca. 
Barcellos acompanha de perto  o dia a dia de um dos mais famosos traficantes do Morro Dona Marta, o Marcinho VP.
 No livro,  ele aparece “Juliano VP”. Um livro rico em detalhes e em realidades dentro de uma política de pacificação de um morro dominado pelas drogas.









Capa - CDDeus - PLins.indd 


Cidade de Deus -  de Paulo Lins
Romance que inspirou a renomada produção de Fernando Meirelles, mas que vai muito além daquilo que vimos no cinema. Dividida em três partes, a obra revisita o cenário social da periferia carioca dos anos 60 à década de 80, relatando os diferentes períodos vividos no conjunto habitacional - do dia a dia de seus moradores à ascensão da criminalidade que transformou o lugar vivido pelo autor.








 
holocaustobrasileiro


Holocausto Brasileiro -  Daniela Arbex
 A jornalista resgata as brutalidades que ocorreram em um dos maiores hospícios do Brasil, conhecido por Colônia, situado em Barbacena (MG). Muitas pessoas eram internadas à força, como homossexuais, prostitutas e meninas grávidas que foram violentadas por seus patrões. O livro faz uma reflexão sobre o passado do Brasil, mas também sobre o nosso presente, porque, como diz Arbex, 'o holocausto ainda não acabou'.








 


Espreme que sai sangue: um estudo do sensacionalismo na imprensa - Danilo Angrimani
O autor investiga o fenômeno do sensacionalismo na imprensa sob várias dimensões: sua história através dos tempos, sua produção, e as razões mais profundas que fazem com que um amplo público seja atraído por este produto. O livro analisa como a linguagem utilizada remete ao inconsciente dos consumidores atendendo a necessidades psicológicas coletivas, e investiga os mecanismos que interagem no processo de atração e compra sensacional.






 


Rota 66 - A História da Polícia que Mata - Caco Barcellos

Caco Barcellos apresenta em sua obra uma grave denúncia social. O autor, após cinco anos de pesquisas e dados incontestáveis, desmonta o “esquadrão da morte oficial”, organizado em São Paulo. Saiba quais as origens da criação de um sistema mortal de extermínio, seus métodos e consciência.








A Sangue Frio - Col. Jornalismo Literário 


A Sangue Frio - Truman Capote

Fruto de uma intensa investigação, feita ao longo de meses, esta obra é um dos que fundaram o jornalismo literário, gênero que combina a objetividade factual e os recursos da narrativa de ficção. O clássico de Truman Capote conta a história da brutal chacina da família Clutter e dos autores do crime, executados em 1959.










Bom galerinha...sei que faltam muitos outros livros aqui mas essa foi a minha lista de quais eu acho que são os essenciais! Um beijo e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário