06/06/2016

Resenha: Namorado de Aluguel


Título: Namorado de Aluguel
Autor: Kasie West
Editora: Verus Editora
Páginas: 250
Onde comprar: Saraiva
Sinopse:Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento. Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.
Adoro ler livros YA fofinhos e depois de ler tantos livros de diversos gêneros eu precisava de um assim para evitar entrar numa ressaca literária, sabe? Li uma resenha sobre ele outro dia e foi o suficiente para me conquistar de cara. Eu precisava desse livro em mãos para poder desfrutar dessa história tipica de filme teen da Disney algo que eu nem gosto, mas okay. E bom, é isso que o livro trás ao leitor, mas de uma forma um pouco mais... madura que os filmes teens.

Nos textos que li sobre este livro todos fazem questão de enfatizar o quanto Gia é uma garota superficial, que apenas se preocupa em mostrar o namorado para as amigas, praticamente como um prêmio; e eu não negarei isso na resenha, porém Gia é algo mais. Ela é uma adolescente com uma criação controlada, uma menina que cresceu sendo obrigada a esconder seus sentimentos de sua própria família, uma garota que tudo o que tem em sua vida é sua popularidade... a única coisa em que ela realmente se identifica, onde ela acabou se encontrando mesmo que de uma forma errada. Eu não achei ela uma protagonista ruim por seus defeitos, na verdade foi justamente ela admitir para si mesma seus defeitos, antes de qualquer coisa, que me fez gostar dela. É uma personagem imperfeita em que podemos nos identificar de diversas formas.

A história do livro é super divertida e leve e não é um romance miojo como muitos YA. A forma como Gia conheceu o Dublê de Bradley (eu não vou citar o nome dele na resenha, já que tem uma brincadeira entre os personagens para ela tentar descobrir o verdadeiro nome do rapaz) foi bem inusitada e como eles acabaram se tornando amigos também é algo divertido de se acompanhar. Não foi estranho o fato de Gia não conseguir deixar de pensar nele, mesmo após conhece-lo do nada. Acredito que foi justamente por isso que não tenha sido chato, sabe? Ela tinha curiosidade em relação a ele que eram as mesmas que as minhas e acredito que seja da maioria das leitoras deste livro. Ele é um garoto super fofo, divertido e é um pouco geek. Ele não se encaixa muito bem na sua turma de amigos e teve que lidar com uma traição; Mas independente de tudo isso ele exala otimismo e simpatia. Apesar de o livro ter bons personagens secundários, como Bea e Olivia (irmã e mãe do Dublê de Bradley), elas não são muito desenvolvidas pela autora. O que é uma pena, pois acredito que Bea tem muito mais a mostrar do que consta no livro. Ela é divertida, birrenta e até chata as vezes, mas ama o irmão e somente quer protege-lo.
— Bom, se você é uma bagunça, eu sou um desastre natural.
— O mais lindo que eu já vi.
Este é um romance super fofo que vale a pena ser lido por qualquer leitora de YA.

2 comentários:

  1. Estou com vontade de lê-lo.

    www.jeitodeumaadolescente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ler Namorado de Aluguel desde que vi o lançamento, pois adoro ter a opção de uma leitura mais leve, com um romance bem fofo, apaixonante e previsível, após uma leitura mais intensa, e pelo que já li nas resenhas desse livro, a história parece ser bem cativante. Além disso, adoro livros que trazem uma mensagem no final, e esse por trazer a reflexão sobre amizades verdadeiras e sinceras já me ganhou. Quero ler já nesse próximo mês!
    Beijos

    ResponderExcluir