15/06/2016

Review: Scream s02e02 e 03


Título do episódio #2: Psicose
Canal: MTV
Para assistir no Brasil: Netflix
Sinopse do episódio: Emma começa a confrontar seus medos, mas uma pessoa do seu passado retorna inesperadamente. Noah investiva uma pista para seu podcast.
Título do episódio #3: Temos Vagas
Sinopse do episódio: A relação de Emma com o pai fica ainda mais complicada. O perseguidor de Audrey aumenta o clima com um presente sangrento. 

Sei que prometi review toda semana de Scream, porém na semana anterior não consegui assistir ao episódio e acabei vendo somente no final de semana, por isso hoje vai ser uma review dupla. Sinceramente até que não é má ideia pois, para mim, esses dois episódios foram beeem fracos e tô ficando receosa com o rumo em que a série irá tomar. Após inserir alguns novos personagens no episódio #1 (clique aqui para ler a review) e matar um dos personagens que, pode até dizer que, um dos queridos do público a série passou a andar com passos de bebê.

O segundo episódio foi extremamente focado no psicológico de Emma, querendo mostrar ao expectador o quanto a protagonista ainda está perturbada pelos acontecimentos da temporada passada, além de tentar mostrar ela superando seus medos em uma cena bem bobinha. Outro foco no episódio foi o romance dela com Kieran, que eu que gostei tanto na primeira temporada comecei a pensar bléeeh, que casal mais bocó. rs O que vale dizer é que por mais que Emma seja a protagonista parece que agora o foco está ficando com outros personagens. Brooke e seu relacionamento com Jake, além de sua demonstração de moça madura e que sabe o que quer e Audrey com seu perseguidor — neste caso sendo a única parte mais interessante de toda a trama. Nem Noah tá conseguindo salvar, por mais que seja claro o esforço dos produtores de tentar fazer o menino ser útil.
Imagem: Fbook oficial Scream
O terceiro episódio pode-se dizer que teve um pouco mais de ação e suspense. Sim, aconteceu uma morte no episódio e a única vantagem, até o momento, é que ela foi sangrenta. Não achei que ela seja uma morte significativa para a série a não ser que seja para demonstrar que o novo assassino realmente quer infernizar a pobre Audrey (sim, tá tudo focado na Audrey).

O pai de Emma voltou a cidade e agora ela quer entender o porque de ele ter ido embora anteriormente e porque de ele ter voltado agora com a desculpa de que deve ficar próximo a sua filha, já que ambos passaram por situações semelhantes. Além de seus problemas familiares a garota acaba conhecendo uma pessoa nova que, aparentemente, irá mudar de alguma forma seu relacionamento com Kieran. Além de uma fase ruim com Jake, Brooke tem que confrontar mais dois personagens sendo um deles de seu passado e outro um novo que está perseguindo (aparentemente).

A cada episódio esses novos personagens parecem ter algo suspeito. Seria muita burrice pensar que só porque tal personagem está sendo visto em uma situação em que o assassino aparece não significa que ele também não possa estar junto, afinal é sempre eles sempre tem algum comparsa, mas o pior de tudo como expectadora é tentar adivinhar e entender os possíveis motivos que essas pessoas tem. Eu ainda não consegui elaborar nenhuma teoria, mas tenho minhas duvidas. O que posso esperar, no momento, é que os próximos episódios seja mais ousado e que os roteiristas não tenham medo de sacrificar alguns do Lakewood 6.

Imagem: Fbook oficial Scream

Nenhum comentário:

Postar um comentário