21/08/2016

Resenha: Fique com alguém que não tenha dúvidas - Marina Barbieri



Título:
Fique com alguém que não tenha dúvidas
Autor: Marina Barbieri
Editora: Única
Páginas: 192
Onde comprar: Saraiva
Sinopse: Desnecessário dizer que todo mundo já teve uma história amorosa que deu errado. E se ainda não teve, um dia vai ter. Mas por que isso acontece com tanta gente e com tanta frequência? Falta de sorte? Dificuldade em dialogar? Falta de leitura do outro? Nada disso. A verdade é uma só: quando desejamos muito uma pessoa, ignoramos todos os sinais, os aprendizados e a experiência que temos e insistimos cegamente, mesmo que as chances estejam contra nós. Sim, a paixão nos faz crer nas desculpas mais esfarrapadas e a descrer nos avisos mais óbvios, e então nos boicotamos tentando acreditar na ilusão de que dessa vez vai ser diferente. Nunca é. Marina Barbieri está há anos tentando impedir suas leitoras de se enganarem. Autora do Deu Ruim, um dos blogs sobre relacionamentos de maior sucesso no Brasil, Marina Barbieri fala neste livro sobre tudo aquilo que no fundo você já sabe, mas se recusa a assumir. Você vai conhecer personagens que provavelmente já deve ter encontrado, como o sr. Feito-Para-Casar, o sr. Distância e o sr. Problema, entre tantas outras figurinhas que estão perambulando por aí e vez ou outra atravessam a sua vida. Prepare-se para alternar entre rir alto e chorar baixinho com crônicas da vida de todos nós quando se trata de amor (ou da falta dele). Marina Barbieri compartilha com seus leitores as roubadas amorosas da própria vida, mostrando que amar pode ser mais simples do que nós fazemos parecer.
O amor é silencioso, é íntimo. Ele se faz nos detalhes, no dia a dia, na convivência.

Definitivamente, Fique com alguém que não tenha dúvidas, foi um dos livros mais interessantes que já li. A Marina Barbieri conseguiu se superar nos textos e olhe que eu já gostava de quase tudo do blog Deu Ruim, de sua autoria. Para quem não conhece, a Marina já falava sobre relacionamentos na internet desde 2014. Em um ano o blog conseguiu 2 milhões de visualizações. Você provavelmente já compartilhou no facebook algum texto dela sem perceber ;)


O livro é dividido em mini narrativas, tipo contos, cada um com um título super sugestivo, por exemplo: Fique com alguém que seja fiel. Cada ''capítulo'' é um sacode diferente. Preciso dar esse livro de presente a algumas amigas e colegas.

Se Maomé não foi até a montanha, é porque não gostava tanto assim dela. 


Marina fala sobre vários tipos de péssimas situações que as mulheres insistem em passar nos relacionamentos. Cada capítulo conta uma história sobre seu título, mostra o que tem de errado, dá dicas e basicamente jogar um balde de gelo em quem ainda tá naquela de achar que amor = sofrimento. E para isso ela usa de um didatismo maravilhoso.

Viu? Ótima relationship couch (clique para ampliar)
 
Marina usa do bom humor para mostrar o que pensamos e fazemos de errado nos relacionamentos, aceitando comportamentos nada saudáveis daqueles que pode algum motivo, em algum momento, achamos que daria um bom par.

''Você não estava me dando carinho/atenção/sexo o suficiente.''
Coitadinho dele! Ele a traiu e ainda por cima a culpa é sua. Porque ele não estava satisfeito no relacionamento.


Todos os capítulos tem desenhos, diagramas, quadros e outros artifícios para ilustrar melhor o que todo o texto quis dizer. E olha, alguns me renderam boas risadas. Lembrei de algumas coisa na minha vida em que esses textos poderiam ter me ajudado a acordar. Como disse a Isabela Freitas no prefácio (eu li, viu, Isa xD), mesmo que não queiramos admitir, todas nós já passamos por isso ou iremos passar um dia. Com ficantes, namorados, noivos ou maridos. Siiim, porque tem gente casada há anos e que passa por  - possivelmente - todas as situações citadas pelo livro. A identificação com ao menos um dos textos é certa. E ele não tenta nada mais nada menos do que te fazer refletir se é aquilo mesmo que você planejou para sua vida.


Há momentos na vida em que o ato mais corajoso é desistir.
Enfim... é  um livro interessante a todas as idades e não só às mulheres. Também tem muito homem aceitando relação ruim por aí. E na boa gente, fiquem com alguém sobre quem vocês não tenham dúvidas!

Acesse o ''Deu Ruim'' clicando aqui.

Sabe, não importa se você não liga para romantismo.
Romantismo é uma atitude que sentimos prazer em fazer não por nós, mas por quem amamos.
Quem tem que ligar não é você. É a outra pessoa.

Trecho do texto Não adianta só amar, tem que demonstrar amor

9 comentários:

  1. Adorei essa resenha. E esse universo na garrafa maravilhoso??

    ✯ Instagram ✯♮​✯ Blog Eu Sendo Assim ✯✯ Fan Page ✯

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom :D
      Aaaah, minha garrafinha xodó xD

      Excluir
  2. Olá! Não conhecia esse livro. Normalmente não leio esse gênero, mas ele me lembrou muito algumas situações que eu já passei e alguns amigos que insistem em ignorar os sinais mais óbvios de que o relacionamento não está dando certo... hahahah Acho supre bacana a abordagem de um tema tão comum, porém, tão complicado por se tratar de sentimentos. Muita gente é levada pelo coração e esquece de enxergar tudo claramente, racionalmente. Adorei a resenha.
    Beijos.

    http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, cria identificação meeeesmo, né? Ou nós mesmas já passamos por isso ou conhecemos muitoS alguénS que já passaram.

      Excluir
  3. Oiee, nossa só pela capa eu nunca teria olhado para esse livro, mas estou mega curiosa para conhecer! achei muito legal a ideia da autora, e muito importante a iniciativa de abri os olhos de muita gente por ai!

    Bjs

    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo! E a capa ficou fofinha, né?

      Excluir
  4. Que livro foda! Não tinha outra palavra para expressar.
    Já quero ler pra ontem. Obrigada pela indicação.

    Chiquereza

    ResponderExcluir
  5. Oi Grazi, eu definitivamente não conhecia esse livro, nem a autora.
    Julguem-me hahaha

    Mas fico feliz pela oportunidade de conhecer.
    Parece ser muito interessante, essa mistura de bom humor, choro, choques de realidade.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos!

    http://colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir