01/12/2016

Resenha: Não Fuja!


Título:
Não Fuja!
Autor: FML Pepper
Editora: Valentina
Páginas: 384
Livro cedido em parceria com a editora Valentina
Sinopse:: Vida. Morte. O que há entre elas? Antes e depois delas? Dois universos tão distintos e intimamente ligados. Como não sucumbir ao desejo que lhe drena a vida? Como aceitar que existe morte em vida e vida na morte? O que fazer quando a morte é a centelha que pulsa na vida, embebida de escuridão? A bússola da existência gira e aponta: o medo é uma opção; a vida, uma batalha; a morte, uma bênção.

Finalmente o esperado final da trilogia Não Pare! da querida FML Pepper, fenômeno da Amazon. Quem leu as resenhas anteriores perceberam que eu amei o primeiro volume mas não curti tanto assim o segundo por causa do drama envolvendo o relacionamento de Nina e Richard; Mas é com muita alegria que conclui a leitura do último livro simplesmente encantada (e até triste com o fim). Neste volume não terei do que reclamar do relacionamento desse casal tão amado por muitos (eu sei, eu sei, sou chatona rs).

 Eu senti que neste volume a autora deixou um pouco de lado a carga emocional e amorosa entre o casal para focar nas coisas que realmente importam: Zyrk. Mesmo que o relacionamento deles tenha tudo a ver com Zyrk e a lenda, ainda assim a forma como ele foi conduzido acabou me deixando um pouco zangada. O clima neste livro está mais semelhante com o primeiro, com várias coisas acontecendo sem dar ao menos do leitor respirar aliviado, acreditando que tudo vai ficar bem antes da hora certa. A curiosidade de saber o final da saga de Nina fica até as últimas páginas e este é o grande diferencial da escrita da autora, pois ela consegue prender o leitor na sua criação como poucos conseguem.



Se você acha que sabe tudo sobre Zyrk lendo os dois volumes então você está redondamente enganadx! Sempre tem algum detalhe ou uma surpresa no meio do caminho e parece que nunca os segredos desta dimensão serão totalmente revelados. Sinceramente, mesmo após a conclusão eu acredito que muita coisa poderia ser explorada sobre Zyrk e nem me refiro na história de Nina e Rick, mas das lendas, da criação, da mitologia em si. É um universo muito rico e poderia render boas histórias além desta que conhecemos.

Nina foi amadurecendo ao longo dos livros de forma gradual. Nada foi realmente forçado para ela, mesmo que sua vida tenha virado de cabeça para baixo do dia para a noite. Agora ela está muito mais madura, sabendo priorizar as coisas que realmente importam, mas ainda mantém aquela inocência de antes o que eu achei bom apesar das consequências que isso trás. Não acho que Nina deveria mudar tanto de si e é bom ver que algumas coisas acabaram ficando ainda com ela. Rick é a pessoa que mais muda ao longo da história considerando todas as coisas novas que ele descobre ao lado de Nina principalmente no que diz respeito aos bons sentimentos. Ele não é nem de perto um tipo de crush literário meu, mas não posso deixar de admitir que quando tudo é colocado na mesa ele demonstrou ter um bom coração com mais bons sentimentos do que ele mesmo poderia imaginar. Passei a ter um carinho por ele após finalizar a leitura. rs

Não vou dizer que o final foi um dos meus favoritos mas ele condiz com o que a autora foi colocando na obra ao longo dos três livros. Eu gostei do que ela fez com a história em si, Zyrk e tudo mais; porém só achei um pouco chato em relação ao romance de Nina e Rick, mas acho que muitos leitores realmente saíram satisfeitos e isso que importa. Muitas vezes, perto de tudo que uma obra pode nos trazer a conclusão acaba sendo só um detalhe.

Digo novamente: A leitura vale a pena. Aproveitem que agora todos os livros foram lançados e não deixe de ler.
Pobre Rick! Era tudo abstrato demais para sua mente zirquiana acostumada a tudo ou nada, sim ou não. Jamais conseguiria entender que existe uma linha tênue entre essas duas condições, que eu preferiria morrer levando a chama da vida dentro de mim a sobreviver carregando o peso de um coração apodrecido em meu peito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário