14/01/2017

Resenha: Cidade dos Fantasmas - Daniel Waters



Título:
Cidade dos Fantasmas
Autor: Daniel Waters
Editora: Jangada
Páginas: 320
Onde comprar: Saraiva
Sinopse: Após uma catástrofe que matou milhões de pessoas, uma fenda se abre entre as dimensões e as cidades passam a ser assombradas por fantasmas. Verônica não passa um dia sem ver um fantasma, mas eles não a assustam. Porém, os fantasmas estão ganhando força e começam a aparecer com muito mais frequência. Ela e seu colega de classe Kirk, investigam por quê e descobrem uma história sinistra: August, seu professor de história, não se conforma que a sua filha não voltou do mundo dos mortos como fantasma e acha que para isso acontecer ela precisa primeiro se apossar de um corpo, e que Verônica é a pessoa certa para abrigar o espírito da filha. Mesmo que esteja errado, que mal há em criar mais um fantasma, se já existem tantos!



Cidade dos Fantasmas me instigou bastante já na sinopse. A premissa diferente dos livros que estão saindo agora me deu a promessa de thriller original. Ele cumpriu minhas expectativas? Maios ou menos.

O livro conta a história de Verônica, uma jovem que vive no tempo pós-Arrebatamento, que foi um acontecimento mal explicado na história, mas que permitiu a vinda dos mortos ao mundo dos vivos. Mas não é um retorno literal. A cada dia, algumas pessoas falecidas na época desse grande acontecimento apareciam como lembranças mesmo, imagens pálidas que faziam algo do seu cotidiano e em poucos segundos desapareciam.  Havia poucas exceções que duravam mais tempo e essas chamavam a atenção das pessoas, que já estavam acostumadas com os visitantes do outro mundo.

Com esse acontecimento de fundo, as aparições esporádicas e contando com o dia-a-dia de Verônica nós vamos descobrindo mais sobre algumas das mortes e sobre prematuramente apresentados ao vilão da história. Minha resenha precisará ficar pequena para que eu não dê um spoiler muito grande (que o próprio autor fez) e perca a graça do livro, que é curto e tem um ritmo acelerado.

A estrutura da narrativa foi um tantinho estragada por essa obviedade da vilania de um personagem. Suspenses precisam de algo para nos manter focados na história, né? Então o autor utilizou-se de outros meios para deixá-lo interessante. E bota interessante nisso. O enredo é bom, as mini tramas são boas e a rapidez da história contribue para manter o interesse até o final. A revisão foi ótima, não encontrei erros. A diagramação é simples e a tradução deu muito certo.

Recomendo para quem curte ficção e suspense. Os personagens são legais e passamos a torcer bastante pela Verônica e seus fantasminhas camaradas. O livro já teve seus direitos cinematográficos comprados e eu com certeza irei assistir quando sair.


Resenha originalmente postada no Retrô Books.

12 comentários:

  1. Olá, tudo bem? confesso que fiquei curiosa com a história, apesar de não ser meu gênero favorito. Me lembrou um pouco "TWD" haha
    Sua resenha ficou ótima!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Fiquei meio na dúvida se leria esse livro....
    Achei a história confusa, apesar da premissa me interessar bastante. Eu amo ficção e suspense, então talvez seja uma boa pra mim rsrsrs. Vou esperar pra ver o filme, acho que será um filme bem legal, já que essa temática é muito interessante. Beijocas! ^^

    www.facesemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Parece um livro legal, apesar da resenha ser curta, deu para ter noção um pouco da história e também me lembrou um pouco de um seriado que eu já assisti. Não deu para saber muito como é a Verônica, então nem dá para saber se eu me identificaria com a personagem, mas fiquei curioso para saber quem é o vilão e o que ele vai fazer. Enfim, parece uma obra legal, quem sabe eu não leia futuramente.
    Trouxa do Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiz assim de propósito pq já que é um livro pequeno, qualquer deslize vira spoiler xD

      Excluir
  4. Eu sinceramente não sei se leria esse livro, ele não me passou muita confiança e em certos pontos me pareceu confuso. Mas a premissa é boa e mesmo assim eu leria, afinal não se pode julgar um livro pela capa ou sinopse, kkk

    Beijos e obrigada pela indicação!

    ResponderExcluir
  5. Realmente, suspense precisa noa manter grudado a história, de forma geral, eu gostei do enredo e leria o livro, acaso tivesse ele em minhas mãos, mas não colocaria a obra como prioridade a ponto de comprar.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Adoro ficção e suspense então por esse ponto eu já leria. Fiquei apreensiva pra saber o que vai acontecer com Verônica e esse negócio dessa fenda das dimensões também.
    Dica anotada e louca pra ler já!
    beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  7. Eu estou muito curiosa com esse livro, mesmo achando que tem mais terror do que eu consigo suportar, eu imagino que a leitura deva ser boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem tem, sabe? É mais suspense mesmo.

      Excluir
  8. Olá, tudo bem? Confesso que quando estava lendo sua resenha, vi um thriller psicológico escrito, dei um pulinho para trás. Confesso que sou nada fã do gênero, mesmo você deixando claro que parte mais para um suspense/ficção. Não sei se daria uma chance por agora, apesar de concorda com você que a capa e a premissa chamam bastante atenção. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu sou super fã de suspense, e o título me atraiu. Achei a premissa interessante, apesar que iria adorar se tivesse um terrorzinho. Haha Mas fiquei curiosa para ler. Gostei da dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Grazi.
    Apesar do livro não ter lá muito suspense, que é o que prende o leitor até o final, que bom que você conseguiu encontrar outras coisas que te conquistaram na leitura.
    Abraços.

    ResponderExcluir