03/02/2017

Resumão de Lançamentos 2016: Editora Aleph



Oi, galera!

Cês lembram do listão de lançamentos de 2016 da Aleph? Então, os obstáculos da vida não permitiram que aquilo tudo saísse por agora, mas teve muita coisa boa de qualquer jeito. Bora relembrar?

1. O Cavaleiro Rubi

Continuando as aventuras iniciadas em O Trono de Diamante, David Eddings mergulha o leitor no rico e surpreendentemente universo de Elenia, onde o mal-humorado e controverso Sir Sparhawk continua sua corrida contra o tempo atrás do artefato que irá salvar sua rainha. Enquanto Sparhawk segue numa épica jornada com seus amigos, forças ancestrais desse e de outro mundo seguem tramando contra o Campeão da Rainha e seus aliados. O cerco em torno dos heróis vai se fechando cada vez mais, e a rainha pode não ser a única a precisar de salvação. 












2. Star Wars - Herdeiro do Jedi

Neste novo livro do cânone oficial, que se passa entre os episódios IV e V, mesmo estando longe de dominar completamente a Força, Luke Skywalker é peça fundamental nas estratégias da Aliança Rebelde, sendo usado como soldado, piloto e espião ao ser enviado para uma importante missão: resgatar das mãos do Império uma brilhante criptógrafa alienígena, conhecida por sua habilidade de decifrar até mesmo os sistemas de comunicação mais complicados. Ao lado de R2-D2 e da exímia franco- atiradora Nakari Kelen, que tem muitos motivos para odiar o Império, Luke terá que mostrar toda sua habilidade para fugir de agentes imperiais, caçadores de recompensa e poderosas naves de combate. E, dessa vez, sem a presença de Obi-Wan para ajudá-lo.










3. Star Wars - Esquadrão Rogue 

Dois anos e meio depois dos acontecimentos de O Retorno de Jedi, resquícios das forças imperiais, isoladas mas ainda poderosas, se espalham pela galáxia. Esses postos avançados ameaçam a paz ao tentar derrubar a Nova República e restabelecer uma tirania violenta e opressora do lado sombrio. Para combatê-los, surge uma nova geração de pilotos de X-wing. Seguindo os passos da equipe que destruiu a Estrela da Morte, os novos pilotos encaram um desafio ainda mais perigoso e desafiador que o de seus predecessores. Mas seu líder, o lendário piloto Wedge Antilles, sabe a dura verdade: mesmo sendo o melhor esquadrão da galáxia, as missões que os Rogues enfrentarão são praticamente suicidas. Em uma das melhores aventuras de Star Warrs, que inspirou games e quadrinhos estrelados pelo esquadrão, Michael A. Stackpole presenteia o leitor com conflitos pessoais, tramas políticas e batalhas espaciais impressionantes.







4. Boa Noite, Darth Vader

Episódio: hora de dormir. As habilidade de pai de Darth Vader são colocadas à prova quando Luke e Leia se negam a ir para cama. Será que ele consegue acalmá-los lendo histórias sobre Han Solo, Yoda, Boba Fett, e outros personagens, cada um deles se  preparando para dormir? A obra foi escrita e ilustrada pelo premiado quadrinista Jeffrey Brown, o mesmo autor de Darth Vader e Filho, Princesinha de Vader e a série Academia Jedi.













5. Star Wars - A Armadilha do Paraíso

Depois de uma infância de maus tratos e abandono, o jovem Han Solo finalmente foge das garras de um grupo de contrabandistas para seguir seu sonho de se tornar um grande piloto. Mas a realidade de exploração e injustiça nem sempre é fácil de ser deixada para trás, e seu novo emprego em Ylesia, um retiro para peregrinos religiosos, revela não ser o paraíso que os sacerdotes anunciam. Han precisará de toda a sua malícia e a sua astúcia para sobreviver às armadilhas em seu caminho, sejam as de contrabandistas inescrupulosos ou as de falsos profetas e seus interesses escusos. Nesta clássica e aclamada trilogia, A. C. Crispin conta a história da origem de um dos mais cativantes personagens de STAR WARS, da infância de Han Solo a bordo de uma nave até o momento em que seu destino se cruza com o dos últimos Jedi da galáxia.









6. Star Wars - Lorde dos Sith

Anakin Skywalker, cavaleiro Jedi, é só uma distante lembrança. Darth Vader, recém nomeado como lorde Sith, está em ascensão. O aprendiz escolhido pelo Imperador provou rapidamente seu compromisso com o lado sombrio. Porém, a história da ordem Sith envolve duplicidade, traição e pupilos violentamente tomando o lugar de seus mestres, e a verdadeira lealdade de Vader ainda não foi provada – até agora. Em Ryloth, planeta explorado e escravizado pelo Império, um colérico movimento de resistência vai tentar atacar o coração de uma ditadura implacável, em uma ousada missão para assassinar seus líderes. Para o Imperador e Darth Vader, Ryloth se torna mais do que uma insurreição a ser detida. Quando uma emboscada os derruba na superfície do planeta, o relacionamento entre eles será colocado à prova como nunca antes. Podendo contar apenas com seus sabres de luz, o lado negro da Força e a ajuda um do outro, os dois Sith precisarão decidir se os laços brutais que dividem os farão aliados vitoriosos ou adversários letais.






7. Transformer - Lou Reed

Responsável por antecipar o espírito simples e libertário do punk, Lou Reed, líder da seminal banda The Velvet Underground, seguiu os caminhos mais perigosos e cheios de glamour em busca de um bom refrão. 

Transformer: A História Completa de Lou Reed narra a trajetória desse artista tão plural e dissonante, dissecando suas transformações ao longo de quarenta anos de carreira. Bockris relata desde o tratamento de eletrochoque ao qual Lou foi submetido na adolescência - último recurso da tentativa frustrada de barrar sua rebeldia e sua homossexualidade - até os sucessos e as polêmicas da carreira solo, passando pelas relações con¬flituosas com suas musas e por seus problemas com drogas. As muitas camadas de um artista complexo são reveladas de maneira inusitada, em relatos de quem o conheceu de perto, como John Cale, Andy Warhol, Nico, Laurie Anderson, William S. Burroughs e David Bowie. 






8. Os Sete

Nobres homens de bem, jamais ouseis profanar este túmulo maldito. Aqui estão sepultados demônios viciados no mal e aqui devem permanecer eternamente. Que o Santo Deus e o Santo Papa vos protejam. Uma caravela portuguesa naufragada com mais de 500 anos é descoberta no litoral brasileiro. Dentro dela, uma estranha caixa de prata lacrada esconde um segredo. Apesar do aviso grafado, com a recomendação de não abri-la, a equipe de mergulhadores que a descobriu decide seguir em frente, e encontra sete cadáveres. Esses corpos misteriosos e cadavéricos são levados para estudos e tudo parece estar sob controle até o despertar do primeiro deles. Em Os Sete, André Vianco atualiza o mito dos Vampiros, apresentando ao leitor seres poderosos, cada um com uma característica única, mas todos com natureza monstruosa e sanguinária. O resultado é um livro envolvente, repleto de ação e reviravoltas, que em pouco tempo ocupou seu merecido lugar entre os mais importantes livros de terror e fantasia brasileiros.




Resenha em breve



9. Sétimo

Quinhentos anos atrás, sete vampiros foram aprisionados lançados ao mar em uma caravela portuguesa em direção ao Novo Mundo. Quando o último deles, o pior entre os malditos, finalmente desperta, um reinado de terror entre humanos e criaturas das trevas tem início sob sua liderança impiedosa. Sétimo, o vampiro-monstro, o único capaz de caminhar sob a luz do sol, cria um exército sombrio para vingar-se dos responsáveis pela sua maldição. Enquanto isso, Tiago, que caçou e combateu os mortos-vivos antes de tornar-se um deles, tenta se acostumar à sua nova vida noturna e conciliar sua condição odiosa e seu relacionamento com Eliana. Em Sétimo, os vampiros de André Vianco ganham as ruas de São Paulo, em verdadeiras batalhas pelo destino de milhões de vidas. Caçadores de vampiros, lobisomens, mortos-vivos e o exército brasileiro iniciam uma caçada a Sétimo, uma criatura mais cruel que o próprio demônio.







10. Forrest Gump

Forrest Gump é um idiota. Ou ao menos é assim que a sociedade o considera. Estigmatizado por seu QI baixo, Forrest não acredita ter nascido para grandes feitos. Mas as situações em que se envolve desde a juventude são tudo, menos comuns. Ainda na escola, o jovem gigante do Alabama é promovido a prodígio do futebol americano, em um primeiro sucesso que rapidamente o leva a outras aventuras. Do Vietnã à China Comunista, da Nova Guiné a Hollywood e até no espaço, inusitadas circunstâncias vão guiando Forrest em uma trajetória de vida impressionante e nada corriqueira. A obra chega às livrarias com acabamento em capa dura, 13 ilustrações de Rafael Coutinho - ilustrador, desenhista, quadrinista e fã da obra - e um ensaio comparando o livro à sua adaptação cinematográfica, feito pela francesa Isabelle Roblin - professora da Université du Littoral Côte d'Opale. Também merece destaque a capa dupla-face: uma sobrecapa de papel, com impressão em ambos os lados, que permite ao leitor escolher o seu design favorito. A capa é de Pedro Inoue, o mesmo artista de 2001: Uma Odisseia no Espaço e a da edição comemorativa de 50 anos de Laranja Mecânica.

Lançamento do final do ano. Resenha em breve




11. Pedra no Céu


Qualquer planeta é a Terra para aqueles que nele vivem. O alfaiate aposentado Joseph Schwartz desfrutava de uma pacífica caminhada de verão quando, devido a um acidente em um laboratório na mesma cidade, foi involuntariamente transportado milhares de anos para o futuro. Chega então a uma Terra marginal e abandonada, cuja superfície é quase toda inabitável, e que fica às margens de um grandioso Império. Publicado pela primeira vez em 1950, ''Pedra no Céu'' foi o romance de estreia de Isaac Asimov e é um marco do que se tornaria o Império de sua mais famosa obra, Fundação. Complemento fundamental às outras histórias do autor, este romance também serve como porta de entrada para apresentar o leitor ao universo de Asimov.


Resenha








12. Star Trek - Portal do Tempo


Capitão Kirk, Spock e dr. McCoy descobrem que, durante uma viagem ao passado, Spock teve um filho. Agora, estão prestes a viajar mais uma vez através do portal do tempo a fim de resgatar esse filho, antes que seu planeta seja destruído. Resgatado, o garoto tentará aprender tudo sobre a Federação e sobre a cultura vulcana, enquanto a tripulação da Enterprise o conhece e se acostuma à sua presença. Mas seus dias de aprendizado são interrompidos quando uma invasão romulana pode mudar perigosamente o curso da história.













13. Guerra do Velho


A humanidade finalmente chegou à era das viagens interestelares. A má notícia é que há poucos planetas habitáveis disponíveis – e muitos alienígenas lutando por eles. Para proteger a Terra e também conquistar novos territórios, a raça humana conta com tecnologias inovadoras e com a habilidade e a disposição das FCD - Forças Coloniais de Defesa. Mas, para se alistar, é necessário ter mais de 75 anos. John Perry vai aceitar esse desafio, e ele tem apenas uma vaga ideia do que pode esperar.









14. A Espetacular e Incrível vida de Douglas Adams e do Guia do Mochileiro das Galáxias


O Guia do mochileiro das galáxias foi, além de um marco do entretenimento britânico e mundial, uma das séries de comédia mais importantes, influentes e absurdamente legais já escritas. Revelando desde influências dos Beatles até relações com Doctor Who e Monty Python, Jem Roberts nos convida a descobrir a incrível história de Douglas Adams e de sua maior obra, anos depois da repentina e chocante morte do autor. Esta biografia, publicada com total aprovação de sua família e de seus amigos mais próximos, lança um novo olhar sobre Douglas e sua mundialmente aclamada criação. Pela primeira vez os arquivos pessoais do autor do Guia foram examinados, e ideias, trechos inéditos, relatos e novas piadas foram reunidos aqui, para a apreciação dos fãs, como uma celebração à mais louca odisseia da história da comédia britânica. Não entrem em pânico. E preparem suas toalhas...





15. Academia Jedi 2 - O Retorno de Padawan


Roan Novachez achou que seu segundo ano na Academia Jedi ia ser fácil, e foi… no começo. Ele construiu um robô super legal, foi numa excursão para um planeta gelado, e evitou a comida alienígena de Gammy. Mas aí tudo ficou confuso! O treinamento de piloto estelar foi bem mais difícil do que ele imaginava, seus melhores amigos começaram a ignorá-lo, e os valentões da turma estão tentando levá-lo para o lado sombrio. Justo quando Roan achou que tinha me acostumado com a escola…


16. Neuromancer (Nova Edição)


O Céu sobre o porto tinha cor de televisão num canal fora do ar. Considerada a obra precursora do movimento cyberpunk e um clássico da ficção científica moderna, Neuromancer conta a história de Case, um cowboy do ciberespaço e hacker da Matrix. Como punição por tentar enganar os patrões, seu sistema nervoso foi contaminado por uma toxina que o impede de entrar no mundo virtual. Agora, ele vaga pelos subúrbios de Tóquio, cometendo pequenos crimes para sobreviver, e acaba se envolvendo em uma jornada que mudará para sempre o mundo e a percepção da realidade. Evoluindo de Blade Runner e antecipando Matrix, Neuromancer é o romance de estreia de William Gibson. Esta obra distópica, publicada em 1984, antevê, de modo muito preciso, vários aspectos fundamentais da sociedade atual e de sua relação com a tecnologia. Foi o primeiro livro a ganhar a chamada “tríplice coroa da ficção científica”: os prestigiados prêmios Hugo, Nebula e Philip K. Dick.





17. Coração de Aço


Misteriosamente várias pessoas, de diferentes origens, recebem superpoderes, mas são corrompidas por eles e tornam-se vilões cruéis. Após tomarem o controle das cidades para si, eles criam uma nova realidade distópica, submetendo os humanos a uma vida de servidão. Isso aconteceu há dez anos, quando David viu seu pai ser morto por Coração de Aço, ditador de Nova Chicago. Agora, ele se dedica a estudar as fraquezas desse e de outros supervilões, planejando fazer parte do misterioso grupo dos Executores, pessoas comuns com a ousada missão de matar os tiranos um a um.













18. Mundo Perdido - Jurassic Park


Seis anos se passaram desde os terríveis acontecimentos no Jurassic Park. Seis anos, desde que o sonho extraordinário, nos limites entre a ciência e a imaginação humana,acabou se tornando um trágico pesadelo. 
A Isla Nublar não era o único lugar usado por John Hammond em suas pesquisas genéticas de ponta. Agora, o matemático Ian Malcolm e uma equipe de cientistas – além de certos "pequenos clandestinos" – devem explorar outra ilha na Costa Rica, repleta dos mais perigosos dinossauros que já caminharam pela Terra.


19. Eu estou vivo, vocês estão mortos


Um dos maiores escritores do século 21, Philip K. Dick nunca deixou de suspeitar do mundo à sua volta, sempre ocupado em investigar o limite – tênue, às vezes – entre a realidade e a ilusão. Homem de muitas facetas, sempre se fez uma pergunta fundamental, que o acompanharia em todos os momentos da vida, desde seus tempos de aspirante a escritor até mais tarde, como autor já publicado, passando pelo Dick paranoico, pelo viciado em anfetaminas e pelo cristão fanático: o que é real?











20. Um reflexo na escuridão


Fred, um agente disfarçado, é obrigado a esconder sua verdadeira identidade tanto dos que convivem com ele no dia a dia dos usuários de substâncias ilícitas quanto de seus colegas policiais. No entanto, trabalhar como agente infiltrado para a divisão de narcóticos pode cobrar seu preço: ele acaba viciado em uma droga psicotrópica perigosa e muitas vezes letal, a Substância D. Um dos mais terríveis efeitos colaterais da substância é a cisão entre os dois hemisférios do cérebro, que passam a agir de forma independente, por vezes até “competitiva” entre si. Ambas as identidades, a de viciado e a de policial, podem levar o protagonista aos limites entre a realidade e a ilusão, onde paira a dúvida a respeito do verdadeiro “eu”.







Faltaram alguns livros óóótimos anunciados no início do ano passado, claro, mas ainda assim vieram muitas histórias boas. Para mim, os que mais fizeram falta foram Os Robos do Império e Martin Time-Slip. Veja aqui a previsão e inicial e me diga quais você mais gostou e mais esperava. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário