30/03/2017

Temporada de Romances de Época: E Viveram Felizes Para Sempre


Título: E viveram felizes para sempre
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Onde comprar: Saraiva
Sinopse: Alguns finais são apenas o começo... Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos... Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza. Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes? A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em “E viveram felizes para sempre”, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton. Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.



Depois de anos acompanhando essa série cativante, infelizmente Os Bridgertons, como protagonistas, acaba nesse livro mais que lindo. E viveram feliz para sempre é uma coletânea de 8 segundos epílogos para cada livro da série + um conto sobre a Violet <3

Vou falar brevemente sobre cada história porque por serem mini-contos com duração de um capítulo analisar demais constituiria um spoiler. Bora lá. 


O Duque e Eu


Nesse conto, nós descobrimos finalmente qual era o conteúdo das cartas que o pai do Simon deixou para ele. Como a Quinn explica, toda a questão sobre essas cartas era quando e porquê o Simon acharia ter a necessidade de lê-las. Foi uma história bem normal, sem muita emoção, apesar de muito gostosa de ler. Foi muito bom conhecer a dinâmica da família Basset e ver novamente Simon e Daphne mostrando que não estão nem aí para a idade. E o sonho continua :)

O Visconde que me amava

Nesse conto o jogo Pall Mall é revisitado, como não poderia ser diferente. A cena dele foi um dos pontos altos do livro original e embasou o que seria a relação de Anthony e Kate, que continua tão divertida quanto anteriormente apresentada. Quem será que pegou o bastão da morte?

Um Perfeito Cavalheiro


Essa história é contada a partir da visão de Sophie e é sobre Posy, a irmã boa. Depois de defender Sophie, obviamente sua mãe não a quis receber em casa e, muito sortuda, Posy recebeu amadrinhamento de ninguém mesmo que Violet Bridgerton. Então Sophie decide que ela merece ser feliz e chama Benedict para ajudá-la a encontrar um marido para Posy. Assim como o livro original esse conto é super divertido e com uma história muito envolvente. Adorei ver novamente a dinâmica entre Benedict e Sophie, meus favoritos <3


Os Segredos de Colin Bridgerton

SPOILER PARA QUEM NÃO LEU ESSE LIVRO


Como sabemos, o livro termina com a Eloise fugindo e sem saber que sua amiga, Penelope, era a infame Lady Whistledown. Então o conto mostra como foi que ela descobriu. Eu meio que já havia pensado que poderia ser do jeito de foi, mas me decepcionou um pouco. Poderia ser mais cheio de ação, afinal é um livro do Colin. Sempre espero demais dele. Foi o conto que achei mais fraquinho. 

Para Sir Phillip, com amor


Aqui revisitamos Eloise e Sir Phillip e vemos que eles se tornaram um ótimo casal, afinal. Mas a história não é sobre eles, mas sobre Amanda, a filha do senhor Phillip. Esse conto é a história de amor dela e sobre como Eloise mudou sua vida. Foi legal. 

Um Conde Enfeitiçado


No final desse livro temos um mistério que é resolvido de forma linda aqui. Francesca, como você deve lembrar, queria muito ser mãe e não conseguia segurar a gravidez. Aqui descobrimos se e como ela engravidou e temos uma das mais lindas conversas da série entre a Francesca e a Violet. Sério, não tem como eu gostar mais dessa matriarca. O conto foi muito cheio de emoção. Super delicado.


Um Beijo Inesquecível

Aqui descobrimos se, afinal, a Hyacinth achou as joias da avó de Gareth. No final do filme vemos que a filha dela as acha e as esconde. Então a questão era saber se a menina foi bem criada e porque ela decidiria as dar aos pais. A solução foi bem legal. Vemos também que a Hyacinth continua exatamente como sempre foi, só que sendo mãe. Então já sabemos que rolam uns estresses de ''ai céus, eu devia ter sido uma filha peéssima''. Foi divertido.  

A Caminho do Altar

Retornando a história de um dos meus casais favoritos, esse conto começa quando o livro termina, ao mostrar o parto do novo filho de Gregory e Lucy. Gente, que coelhos! O Greg finalmente entende que tá na hora de parar quando uma inesperada tristeza se abate sobre a família. Eu fiquei com o coração na mão, gente! Quase choro. Aqui também descobrimos quais os nomes que o casal deu aos seus muitos filhos e achei que não poderia ser melhor nem mais esperados que isso. Amei muito o conto! 

Conto sobre Violet

Este é um conto muito delicado e agridoce devido à tragédia que sabemos que se abaterá na vida da, aqui, futura matriarca Bridgerton. O conto não se restringe a como Violet casou-se Edmund, mas começa bem antes, logo quando eles se conheceram que - diferente do que eu imaginava - não foi num salão de bailes. Nós os vemos se conhecendo, se reenontrando, se apaixonando, casando e então... vemos como ele morreu. Vemos como a Vi lidou com isso e descobrimos se ela deicidiu se casar novamente ou não e porquê. A decisão dela é muito mais do que satisfatória para os fãs. Super bem explicada. Esse conto me fez gostar ainda mais dessa mulher, se é que isso era possível! 

No geral, E viveram feliz para sempre é um livro que vai deixar os fãs novamente muito felizes, deliciados, risinhos e emocionados. Eu sugiro fortemente que só leia esse depois de ler TODOS os livros da série, senão você poderá pegar alguns spoilers pesados que são jogados nos contos apenas como referências. Não é muito claro em que época cada conto aconteceu junto com cada história original, então pretendo re-analisar e fazer uma tabela croonológica de quando rola cada história. Postarei por aqui. Fique ligado!

Beijos!

7 comentários:

  1. Olá!
    Amei seu post sobre estes lindos romances. Na verdade, eles são os meus favoritos.
    Ficarei no aguardo para ler as outras resenhas.
    Um beijo
    Cássia Pires

    ResponderExcluir
  2. OOi!
    Mesmo tendo lido apenas os 4 primeiros, me apaixonei completamente pela Quinn. Que escrita!!!! Divertida, leve, envolvente...
    Estou lendo o da Eloise, por isso só ali até onde você falando do epilógo do Colin, e NOSSA, você me deixou ainda mais ansiosa. Infelizmente, quando comprei, comprei apenas os 5. Mas pretendo resolver esse problema em brve. haha
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  3. Ain, eu estou louca para ler os livros dessa série e esse livro é mesmo um presentão para os fãs da autora. Não vejo a hora de ler todos os livros e depois ler esse. Já sei que vou amar.

    ResponderExcluir
  4. Caraca, tem muita gente falando dessa série, mas infelizmente não tenho vontade de ler. Poréeeeem, achei bem bacana a autora criar um livro contendo contos de todos os livros da série e mostrando o que ocorreu depois do fim <3 Deu até vontade de ler!

    ResponderExcluir
  5. Oi. Eu leio tantas resenhas diárias sobre essa série, que a impressão é que já li absolutamente todos os livros, apesar de ter começa do o primeiro e não continuado.

    ResponderExcluir
  6. Olá amore,
    Sei que está uma febre esses livros de época, mas não me pegaram não viu... Já vi resenhas tão boas quanto a sua mas ainda assim não me interessam, então passo a dica.
    Sua resenha e as fotos estão maravilhosas, parabéns!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Preciso começar a ler a série e adorei este livro com os epílogos, uma ótima maneira de matar a saudade dos personagens!
    Bjs

    ResponderExcluir