02/07/2017

Resenha: Almanova - Jodi Meadows



Título:
Almanova - Trilogia Incarnate 1
Autor: Jodi Meadows
Editora: Valentina
Páginas: 288
Onde comprar: LOJAS QUE VENDE O LIVRO
Sinopse: ALMANOVA - Ana é nova. Por milhares de anos, no Range, milhões de almas vêm reencarnando, num ciclo infinito, para preservar memórias e experiências de vidas passadas. Entretanto, quando Ana nasceu, outra alma simplesmente desapareceu e ninguém sabe por quê.
SEM-ALMA - A própria mãe de Ana pensa que a filha é uma sem-alma, um aviso de que o pior está a caminho, por isso decidiu afastá-la da sociedade. Para fugir deste terrível isolamento e descobrir se ela mesma reencarnará, Ana viaja para a cidade de Heart, mas os cidadãos de lá temem sua presença. Então, quando dragões e sílfides resolvem atacar a cidade, a culpa deverá recair sobre... 
HEART - Sam acredita que a alma nova de Ana é boa e valiosa. Ele, então, decide defendê-la, e um sentimento parece que vai explodir. Mas será que poderá amar alguém que viverá apenas uma vez? E será também que os inimigos – humanos ou nem tanto -- de Ana os deixarão viver essa paixão em paz? Ana precisa desvendar grandes segredos: O que provocou tal erro? Por que ela recebeu a alma de outra pessoa? Poderá essa busca abalar a paz em Heart e acabar por destruir a certeza da reencarnação para todos?



A Trilogia Incarnate começou a ser publicada pela Editora Valentina em 2014 e já tem todos os seus livros disponíveis no Brasil. Almanova, o primeiro deles, inicia a saga de Ana e as almas reencarnadas. Uma vez que acho que a sinopse já diz tudo que se precisa sobre a história, vou falar apenas da experiência de leitura. 

Jodi Meadows escolheu um tema bastante complicado e até polêmico de lidar, precisando medir bem para não torná-lo numa história ou muito complexa ou muito rasa. Felizmente fica claro ao longo da narrativa que a autora sabia muito bem o que estava fazendo. Cada questionamento levantado com as atitudes dos personagens é bem pensado e trabalhado. Nada fica cansativo, nem bobo. Achei importante e inteligente da parte dela levantar o ''Será que com a imortalidade nós saberíamos realmente viver''? É o tipo de tema que os jovens precisam ter contato. E aqui ele está interessante. 

Houve também um grande acerto na construção da mitologia da história. Meadows novamente mostra-se corajosa ao seguir o caminho de nomes como Tolkien, Martin e Rowling ao deixar seres e enredos clichês de lado em prol de criar seu próprio e bem feito mundo (ao menos nesse livro introdução). 

Os protagonistas são até agora bem construídos. As motivações de Ana são claras e concisas. Sam é misterioso como provavelmente deve ser até o final do segundo livro, Almanegra. Todas as ações dos personagens são críveis para o tipo de enredo e como tudo se desenrola bem rápido, com pistas atrás de pistas sendo jogados para nós e quase todassuas soluções sendo apresentadas ainda neste livro toda a narrativa fica bem tranquila de ler. Claro que algumas pontas ficam solta e há um arco narrativa criado para ser finalizado com os próximos dois livros. Sabendo ser uma trilogia, não poderia ser diferente. Em termos de fantasia, Almanova não é um livro com muita ação e nem ousa demais, mas com certeza tem história. 

Sobre a edição: é uma das mais lindas da Editora Valentina, com capa num colorido delicado e detalhes metálicos e uma diagramação com borboletas e detalhes que deixam tudo bem meigo. Não vi erros de revisão. Sem dúvida é um dos livros mais chamativos da minha estante. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário