20/10/2017

Resenha: As Brigadas Fantasma - Scalzi está de volta!



Título:
As Brigadas Fantasma
Guerra do Velho #2
Autor: John Scalzi
Editora: Aleph
Páginas: 376
Onde comprar: Saraiva
Sinopse: Na continuação do premiado romance Guerra do velho, a tenente Jane Sagan descobre um ardil sendo tramado contra a humanidade e um plano para a subjugação e a erradicação de sua espécie inteira. É um genocídio planejado detalhadamente com base na cooperação, até então inédita, entre três raças. E um ser humano. Para lidar com essa trama, as Brigadas Fantasma e suas tropas que já nascem com o propósito de proteger a raça humana precisam entrar em ação. Passando por conflitos de identidade, mas com um forte senso de companheirismo, esses soldados serão liderados por Jane Sagan, que precisa impedir uma guerra entre espécies enquanto lida com um fato preocupante: em meio a suas fileiras, pode haver um traidor. Com a escrita dinâmica, leve e inteligente característica de John Scalzi, As Brigadas Fantasma discute questões éticas e de identidade enquanto envolve o leitor na história de uma grande conspiração política e bélica.

Resenha 

Finalmente terminei a sequência do excelente Guerra do Velho, As Brigadas Fantasma. Como me obriguei a não ver nem resenha, nem sinopse do livro, eis minha surpresa quando vi que não teria John Perry na história. O negócio aqui agora é com a intrigante divisão de infantaria, As Brigadas Fantasmas que, como o nome propõe, é secreta, e seguiremos Jane Sagan, uma das personagens mais misteriosas e legais do primeiro livro. 




Na trama, as Jane descobre um plano para ferrar a Terra. O intento desse plano é nada mais, nada menos que sumir de vez com todos os humanos. Ele foi desenvolvido por três raças alienígenas que se aliaram só pra isso! E, claro, uma ajudinha interna que estará sendo seguida por Jane. Para isso, o exército cria, após um processo inédito de transferência de consciência entre humano e máquina, um clone da consciência do traidor para rastrear seus passos e impedí-lo. E é neste clone, Dirac, e em Jane que o Scalzi foca sua narrativa. 




Dentre tramas políticas e abordagem dos conteúdos inerentes às melhores ficções científicas, como questionamentos sobre o eu, o coletivo e os limites da moral para se chegar aos seus objetivos, nós vamos sendo apresentados ao treinamento e construção dos soldados dessa brigada. Apesar dos diálogos e questionamentos filosóficos, com certeza a melhor parte é ver a construção dos personagens. E é disso que esse livro se trata: desenvolver as características de seu elenco. 



Claro que temos também maior desenvolvimento do mundo complexo e interessante que Scalzi começou a criar em Guerra do Velho. É digno das grandes obras como Fundação, de Isaac Asimov. Tem suas próprias raças, planetas e leis. Tudo isso torna a narrativa dinâmica, apesar de ter bem menos ação que o primeiro. A leitura é fluida, envolvente e surpreendentemente divertida (eu realmente não achava que dava pra se divertir lendo sobre crises existenciais).




Sobre a edição: que capa é essaaaaa. Já tinha amado a do primeiro e gostei mais ainda dessa. Elas meio que se complementam, porém não. São do mesmo tipo de projeto gráfico e fica bem vívido ler algumas partes do livro e ver a capa. As folhas são amareladas e a revisão está ótima. Aliás, tradução mais do que de parabéns por trazer termos abrasileirados fazendo sentido. Tem algumas folhas pretas decoradas dividindo as partes do livro, como no primeiro, seguindo a linha dos outros livros recentes da Aleph. Em suma, edição show. 



E é isso. Mais uma vez Scalzi não deixa nada a desejar em sua narrativa, merecendo toda a atenção que lhe tem sido dado e um lugar ao lado dos grandes nomes da ficção científica. Não é fácil criar um livro nesse gênero que possa ser classificado como ''recomendo até para quem quer iniciar''. Apenas adorei!

2 comentários:

  1. Oiii Grazi tudo bem?
    Eu ainda não li o primeiro volume dessa série e tenho certeza que para quem curte o gênero parece ser uma ótima pedida, além de que, parece ter muito suspense sangue hahahahah minhas partes favoritos, adorei as fotos.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Quando vi o primeiro livro fiquei bem empolgada com a história, mas acabei não lendo por conta desta continuação. Agora que já saiu, fica mais fácil. Ambas as capas são bem legais mesmo, também gosto. O enredo é uma loucura, já pensou exterminar os humanos, e este plano vindo de uma união de alienígenas. Tem pontos muito interessantes neste enredo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir